June 2007


Orkut agora permite inclusão de feeds nos perfis (não sei há quanto tempo, eu vi hoje). Sweet. :-) Demorou, hem?!? Será que algum dia vão incluir a funcionalidade de publicação de BLOGS dentro do Orkut? Um micro-blog já estaria de ótimo tamanho. Não que eu precise de outro blog nem que eu fosse usar um blog no Orkut como “oficial” ou “principal”, mas tenho certeza que seria útil pra muita gente (conheço várias pessoas que têm seus blogs principais no Multiply, por exemplo).

Bem, de qualquer forma, quem já tem um micro-blog pode puxar o feed dele pra dentro do Orkut.

[7] Comentários 

Depois de aproximadamente 10 anos usando um secador da Revlon que não era lá aquelas coisas e andava desligando sozinho no meio da secagem (e demorando 5 minutos pra ligar novamente), eu resolvi comprar um secador novo. Este da Revlon que eu tinha era de 1850 Watts, mas era pequeno, barulhento, demorava um tempão pra secar o cabelo e o resultado não era também dos melhores. Pra uma mulher com cabelo curto ou médio isso pode não ser um problema, mas para alguém com bastante cabelo que chega até a cintura e precisa fazer ecova a cada 2 dias como eu, isso é uma tortura. Chegou a um ponto em que eu até parei de fazer escova no cabelo quando não ia sair à noite ou não tinha algo mais fora da rotina pra fazer, porque o processo de secagem e modelagem com o secador antigo da Revlon levava nada menos que 45 minutos a uma hora, toda santa vez! E não ficava bom!

Então fui procurar um secador novo pra comprar. Pesquisa daqui, pesquisa dali… Tecnologia de emissão de íons? Hã? Grade de cerâmica?? Que?? Eu estava totalmente por fora. Justo eu… Mas rapidinho me inteirei e passei umas duas semanas tentando escolher o melhor modelo, um bom custo-benefício. Finalmente, na semana passada eu acabei comprando este secador da Taiff. 1900 Watts, emissão de íons, jato de ar frio, 2 velocidades/3 temperaturas. Frete grátis pelo Submarino (quando comprei).

Depois de usar pela primeira vez o secador, a única pergunta na minha cabeça era como é que eu havia conseguido viver sem sem um secador como este até hoje? Ah, sim, e também por que esperei tanto tempo pra trocar de secador. O tempo de secagem foi reduzido literalmente à metade. O resultado me deixou de queixo caído. Eu tenho uma boa experiêcia em fazer escova no meu cabelo, faço escova há 20 anos, então juntando minha habilidade adquirida com a performance do secador, parece que eu fiz uma escova no cabelereiro e não em casa. PER-FEI-TA!!! Mas não e só que o cabelo fica lisinho; os tais dos íons não deixam o cabelo ficar arrepiado e os fios ficam muito brilhantes – e o cabelo particularmente macio. No dia seguinte a escova está inteira. E aposto que se eu deixasse mais um dia, continuaria boa – mas eu não agüento e lavo o cabelo de novo.

Pra deixar a coisa ainda melhor, eu uso um anti-frizz no cabelo ainda molhado antes de começar a fazer a escova e, depois dela, um finalizador maravilhoso chamado Satin Shine Finishing Creme da linha Brilliant Brunette (que é caro aqui no Brasil, mas vale cada centavo! E dura um tempão também). Além de este produto ter um resultado excelente, o cheirinho que deixa no cabelo é maravilhoso! É uma pena que esta linha seja tão cara aqui no Brasil (na Amazon os produtos desta mesma linha custam em torno de US$ 5,00 a US$ 12,00 em média), porque se não fosse pelo preço eu teria a linha completa. Aliás, alguém sabe como funciona a incisão de impostos sobre produtos cosméticos e de perfumaria quando comprados em lojas como a Amazon por exemplo? Andei procurando esta informação, mas não encontrei. A maioria dos preços destes tipos de produtos na Amazon e na Sephora é estupidamente inferior aos preços no Brasil. Outra linha que eu tenho muita vontade de experimentar é a Jonathan Product (daquele reality show chamado Blow Out). Eu li reviews excelentes sobre os produtos dele e ainda tem o diferencial de os produtos serem vegan (não sei se todos, mas a maioria pelo menos). Mas estes não achei pra vender no Brasil e até na Amazon e na Sephora são bem carinhos.

Mas enfim: secador novo aprovadíssimo, recomendadíssimo. O único porém deste secador é que ele é um pouco mais pesado e um pouco maior do que eu esperava, mas nada insuportável (pra usar em casa está de bom tamanho, pra levá-lo numa viagem é meio grande). E poderia ser bivolt também. Mas, pra quem está pensando em comprar um secador novo com emissão de íons, pode comprar este com fé. Evidentemente não posso falar nada ainda sobre a durabilidade dele ou sobre a assistência técnica, pois só estou com ele há uma semana, mas com base em outros secdores que já comprei, tenho a impressão de ser um ótimo produto. Fica a dica.

Ah, sim… Muito tempo atrás eu coloquei um post aqui no blog falando sobre a entrega do Submarino na época (comparando com a da Americanas que foi muito mais rápida). Eu já fiz várias compras tanto nas Americanas quanto no Submarino. Desta vez precisei falar com o suporte deles (do Submarino), pois queria trocar a cor do secador. Bem, tanto a entrega quanto o atendimento foram bem satisfatórios. A resposta do suporte veio em menos de 24 horas e o produto chegou dentro do prazo – e mais rápido do que o descrito no post que mencionei acima. Desta vez eu optei pelo Submarino porque além de o preço estar menor, o frete era grátis. Resolvi fazer um update sobre isso porque minha opinião de lá pra cá mudou (embora a entrega das Americanas continue ainda sendo mais rápida que a do Submarino, pelo menos na cidade onde eu moro).

[6] Comentários 

Feliz Dia dos Namorados pra todo mundo. :-) Eu sei que acaba sendo uma data comercial e tudo mais, mas por detrás disso o que estamos celebrando é essencialmente o amor. E termos um dia especial para celebrar o amor é tudo de bom! Como todas as outras datas do gênero (que celebram coisas, pessoas ou eventos importantes para nós como indivíduos ou como sociedade) valorizar e nutrir o amor em nossas vidas é algo que devemos fazer todos os dias, mas termos um dia específico para este tipo de coisa nos lembra disso, de dedicarmos atenção e expressarmos os sentimentos àquelas pessoas que amamos. E amor sendo expresso assim por tanta gente ao mesmo tempo, no mesmo dia, é uma avalanche da melhor energia contida no ser humano.

No espírito de expressão de amor, vejam o link abaixo:

1 Million Love Messages: o blog está reunindo mensagens de amor e amizade de pessoas reais para pessoas reais no mundo inteiro. Você pode mandar sua mensagem para aquela pessoa querida da sua vida. :-) Achei o projeto bem bacana.

[3] Comentários 

Que o Skype foi e continua sendo uma revolução em VoIP (e na telefonia, de uma forma geral) todo mundo sabe. Qualquer pessoa utilizando Skype no dia-a-dia acaba economizando bastante em conta de telefone, mesmo utilizando o SkypeOut (comprando créditos para pagar por ligações), pois as tarifas são muito competitivas. Nas ligações internacionais as diferenças são brutais, ligando do Brasil para os Estados Unidos, por exemplo, paga-se US$ 0,021 o minuto. As versões mais recentes do Skype trouxeram uma infinidade de funcionalidades novas e interessantes. Isso sem falar nos outros serviços, como o Skype Pro (lançado recentemente), os Skypecasts, o SkypeIn, etc. Quem se dá ao trabalho de explorar todas as possibilidades do Skype se apaixona e descobre uma infinidade de usos para o programa e para os serviços oferecidos.

Mas, apesar de tudo isso, como já diz o ditado, nada é bom demais que não possa ser melhorado e não demorou muito até que alguém sentisse a necessidade de gravar ligações através do Skype. As necessidades são diversas: gravar um podcast, uma entrevista por telefone, um Skypecast, uma conversa em que muitos detalhes sobre algo são discutidos
e a gravação serve depois para referência, garantia de acordos verbais (desde que ambas as partes estejam cientes e de acordo com a gravação da conversa, pois vale lembrar que gravar uma ligação telefônica sem a autorização e o consentimento da outra parte se não me engano é ilegal), etc…

No início as soluções encontradas eram bem ao estilo “jeitinho brasileiro”, gambiarras. Conforme a coisa foi evoluindo, começaram a surgir alguns programinhas com esta finalidade, alguns com funcionamento externo ao Skype, outros mais com jeito de plugin. Com a introdução dos Skype Extras, plugins específicos como o Pamela (review abaixo) ficaram acessíveis através do próprio programa inclusive.

Como eu imagino que muita gente possa estar procurando uma solução para gravação de ligações/conversas no Skype e eu já andei fazendo muitas pesquisas, resolvi compilar alguns dos programas/plugins que encontrei. Eu não testei todos, então teste por sua própria conta e risco. Já aviso que a maioria dos programas é pago, mas existem versões gratuitas de alguns deles (com algumas limitações), versões trial e existe também uma opção totalmente gratuita. Seguem as dicas:

MX Skype Recorder

Até alguns meses atrás existia uma versão gratuita que gravava apenas ligações do Skype por tempo indeterminado. Hoje em dia a versão gratuita não está mais disponível no site, você pode baixar o programa e testar gratuitamente por 30 dias, mas o limite de tempo de gravação é de 5 minutos. As versões disponíveis são Standard e Professional, custando US$ 14,95 e US$ 24,95, respectivamente. Grava também ligações feitas através de outros programas que utilizam VoIP, como o Google Talk e o Yahoo Messenger. Não sei qual é o formato utilizado durante a gravação, mas quando a conversa termina, o programa automaticamente faz a conversão para MP3 (às vezes é preciso reiniciar o MX Skype Recorder e o Skype para a compressão ser finalizada, mas nem sempre isso acontece) ou WAV. Você pode optar por iniciar a gravação manualmente ou configurar o programa para gravar automaticamente toda e qualquer ligação feita ou recebida. Funciona em modo visível ou em “spy mode” e permite a utilização de uma senha para uso do programa, além de oferecer possibilidade de gravação em um ou dois canais. Eu fiz o download do MX Recorder quando era ainda gratuito e sem limitações, então é este que utilizo atualmente. Funciona perfeitamente, então este eu posso recomendar por experiência pessoal. A qualidade da gravação é excelente, o programa é leve e simples de usar. Aliás, esta é uma opção para quem busca simplicidade, pois a única coisa que o programa faz é realmente gravar as conversas e nada mais. Até mesmo a tela de opções é bem simples, com poucas configurações. Tem um vídeo no YouTube mostrando um pouco da versão paga do programa, que é pouca coisa diferente da que eu uso.

Pamela

Acessível através dos Extras no próprio Skype, o Pamela tem várias versões disponíveis, sendo uma delas gratuita (e evidentemente com as suas limitações). Além de gravar ligações, este plugin traz também uma série de outras funcionalidades opcionais que você habilita se quiser, tais como secretária eletrônica, mensagens automáticas de voz e de texto, tocar sons e/ou músicas para a outra pessoa durante a conversa, entre outras. Eu li que a versão Professional possibilita inclusive que você faça gravações de voz mesmo não estando com o Skype conectado e, fazendo a configuração correta, o próprio programa se encarrega de postar o áudio no seu blog. Eu nunca consegui acessar o site deles para pegar todas as informações, então não tenho como detalhar as limitações e/ou funcionalidades da versão gratuita (além das que já citei acima com base em material que encontrei em outros blogs e no site do Skype), muito embora tenha conseguido instalar o plugin através dos Extras no Skype. Mas em teoria a tabela comparativa das opções está neste link. Na parte de Extras do site do Skype, podem ser encontradas nada menos do que 5 versões: Freeware Basic Version, MP3 Call Recorder, Standard Version, Business Version, e Professional Version, sendo que nestes links também não fica clara a diferença entre elas, mas neste link tem um pouco mais de informação, incluindo uma lista de funcionalidades. Eu instalei (sabe lá Deus quais das versões) mas ainda não testei o suficiente para dizer se funciona direitinho ou não. Só tentei tocar músicas durante uma ligação e a pessoa do outro lado não conseguiu ouvir direito. Além disso, para tocar sons e músicas durante uma conversa, você tem que importar pastas ou arquivos para dentro do Pamela. A importação de pastas funcionou direitinho, mas a importação de arquivos individuais derrubou o programa nas minhas 3 tentativas. Apesar disso, eu ouço falar muito bem do Pamela, aparentemente tem muita gente usando sem problema nenhum, mas o fato de eu nunca conseguir acessar o site e de a minha breve experiência até o presente momento com este plugin não ter sido lá muito satisfatória (isso sem falar na dificuldade de identificar as funcionalidades de cada versão), me deixa pessoalmente um pouco com o pé atrás com este plugin. Mas, é o mais polular, tem um pacote de funções bem bacanas e a versão MP3 Call Recorder aparece no site como certificada pelo Skype (embora o selo não apareça nas outras versões).

KishKish Sam

Este é um programa completo e completamente gratuito. Grava qualquer tipo de ligação em 2 canais (stereo) e ainda de quebra faz uma gracinha incluindo um “detector de mentiras” – que não necessariamente deva ser levado a sério, mas eu sinceramente não testei. ;-) Grava no formato MP3, tem secretária eletrônica flexível com várias funções, permite o envio de recados de voz para o seu email, tem funções de auto-resposta, opção de auto rejeição de chamadas em espera, grava as informações completas de cada gravação, tais como quem ligou, horário, duração da chamada, etc. A única funcionalidade que falta neste programa na minha opinião é a habilidade de tocar sons e músicas durante uma ligação, mas o pacote de funcionalidades dele é bastante atrativo, especialmente considerando que é totalmente gratuito. A interface é bem feitinha, é “Skype Certified” e embora eu ainda não tenha testado pessoalmente (ainda, pois pretendo testar em breve), me parece uma excelente opção. Só não encontrei no site a informação sobre limitações no tempo de gravação, mas acredito que não existam. Tem também um vídeo no YouTube sobre este programa mostrando algumas das funcionalidades e configurações possíveis, algumas coisinhas que não detalhei aqui. Vale a pena conferir.

PowerGramo Skype Recorder

Quando instalado, as funcionalidades são integradas à interface do Skype. Não é exatamente um plugin, mas também não é um programa que funciona completamente independente do Skype, como é o caso do MX Skype Recorder. A versão gratuita é até bem completa, evidentemente tem algumas limitações, mas se você quiser gravar uma conversa de Skype para Skype, não há limitação de tempo de gravação na versão free, o que torna este programa bem interessante para quem quer gravar entrevistas ou fazer podcasts com mais de um participante, ambos/todos utilizando Skype. As principais funcionalidades da versão da versão paga, que custa US$ 24,95 estão presentes com algumas limitações na versão gratuita. Se você estiver disposto a pagar este valor para registrar o produto, tem acesso a todas as funções, tais como: gravação de qualquer tipo de ligação (SkypeIn, SkypeOut, Skypecasts, conferências e Skype para Skype), eliminação de ruídos, gravações acessíveis pelo próprio Skype (podendo ser facilmente exportadas para arquivos no formato MP3), anotações ao longo da conversa, secretária eletrônica flexível através de esquemas configuráveis (limitados a 3 na versão gratuita), tocar áudio para ser ouvido pelo(s) outro(s) intelocutor(es), encriptação das conversas e proteção por senha (não disponível na versão gratuita) e muitas outras. Confira a tabela comparativa das versões aqui para ter uma idéia melhor. Neste link tem alguns screenshots, faça o download aqui e este link é para comprar o programa. Neste site tem um link para um outro site oferecendo um produto ainda mais completo, que grava não só conversas de Skype mas de qualquer outro programa de VoIP, aparentemente com as mesmas funcionalidades do PowerGramo, mais algumas que o PowerGramo não tem, incluindo um PC recorder de uso geral para podcasts, que funciona também como player. Não sei se o fabricante é o mesmo, mas tudo indica que sim, embora os sites sejam separados. Não testei nenhum dos dois, mas pretendo testar. Esta também me parece uma opção interessante.

CallBurner

É também um programa “standalone” pago (com um preço mais salgadinho de US$ 49,95) e com versão trial de 14 dias. Grava diretamente no formato MP3, você escolhe se quer que todas as ligações sejam gravadas automaticamente ou não, tem a opção de gravação no formato WAV, de gravar cada lado da conversa em um arquivo separado e converte voicemails do Skype para MP3 ou WAV.

Hot Recorder

A versão gratuita grava apenas 2 minutos de conversa. A versão paga (Premium), que custa US$ 14,95, não limita o tempo de gravação. Este programa também oferece secretária eletrônica (não só para o Skype, mas também para o Google Talk), conversão de formatos de áudio, emotionsounds e aparentemente funciona com vários programas de VoIP e não somente com o Skype. Este eu não testei.

i-Sound WMA MP3 Recorder

Este é um programa totalmente independente do Skype, inclusive não foi feito com o propósito de gravar ligações de VoIP especificamente, mas sim de gravar todo e qualquer áudio de fonte interna (do seu computador) ou externa. Eu tenho este programa e uso para outras finalidades, pois ele permite mixagem simultânea da entrada do microfone com outros sons ou músicas, gravação de sons em streaming em vários formatos – e em horários pré-definidos, inclusive – conversão de áudio analógico para digital (de fitas cassete e discos de vinil, por exemplo) e tudo isso em vários formatos: MP3, OGG, WMA, WAV, APE. Tem também um player embutido. É um verdadeiro studio de gravação e é um excelente programa. Não é gratuito, mas tem versão trial que roda completa por um período. Como eu disse, não é um programa feito especificamente para gravar conversas de VoIP, mas serve perfeitamente a este propósito, com a vantagem da qualidade de gravação ser excepcional, tornando este programa uma boa opção para quem precisa de um produto final de qualidade superior. Se você tiver problemas para gravar conversas do Skype, basta desmarcar a opção de ajuste automático de áudio nas configurações do Skype e também verificar se nas propriedades de áudio do Windows o seu microfone não está com a opção “sem áudio” marcada. O preço do i-Sound MP3 WMA Recorder Pro é US$ 29,95 e você pode fazer o download da versão trial gratuitamente neste link.

Para quem usa MAC, eu sei deste programa chamado Call Recorder. Deve haver outros, mas eu não pesquisei.

Bem, é isso pessoal. Se alguém souber de mais algum programa para indicar deixe nos comentários, ok? Bom domingo! :-)

11/06/2007 (Edit): Recebi hoje um email do Evoca (quem não conhece o serviço, leia aqui sobre ele) informando que através de uma parceria com o Skype, a partir de agora eles estão oferecendo serviço de gravação de chamadas pelo site. Funciona assim: você se cadastra no Evoca.com, adiciona o usuário deles à sua lista de contatos do Skype e cadastra seu nome de usuário de Skype na sua conta do Evoca.com. Quando quiser gravar uma conversa, é só adicionar o usuário deles à ligação. Da primeira vez, se você ainda não estiver cadastrado no site, você recebe um aviso pra fazer seu cadastro. Durante a chamada você também recebe mensagens de texto automáticas com orientações. Você pode gravar até 15 minutos de graça pelo sistema deles, para aumentar este tempo tem que assinar uma conta Pro. Depois que a conversa é gravada, basta excluir o usuário deles da ligação ou simplesmente desligar. Você então receberá uma mensagem de texto pelo Skype com um link para fazer o download do arquivo (em MP3) e tem até mesmo a opção de receber uma transcrição da conversa (mas este serviço é pago, obviamente – você tem a opção de requisitar ou não a transcrição após a gravação da conversa). O arquivo também fica salvo no site deles dentro da sua conta, podendo ser acessado por outras pessoas (como a pessoa que estava falando com você) ou então guardado como arquivo privado – de acordo com a sua preferência. O status padrão do arquivo é “privado”, ou seja, só você pode baixar ou ouvir, mas você pode alterar para público ou então você pode enviar o link por email para pessoas específicas terem acesso. Como o site oferece um player, pode-se ouvir a gravação pelo próprio site sem necessidade de baixar o arquivo. Achei esta uma boa opção nos seguintes casos:

  1. Pra quem quer gravar uma ou outra conversa só e não está disposto a comprar um programa para esta finalidade, já que vai usar muito pouco.
  2. Pra quem não quer instalar um programa no computador e prefere usar um serviço remoto, economizando espaço em disco.

Pra quem quer gravar conversas o tempo todo esta não é a melhor opção, pois pelo que eu entendi, depois de usar os 15 minutos a que cada conta/usuário tem direito, você tem que pagar se quiser continuar gravando ou se quiser gravar outras conversas. Em outras palavras, parece que estes 15 minutos são totais (ou seja, não zeram uma vez por mês por exemplo, são 15 minutos por conta e ponto final). A conta Pro custa US$ 15,00 por trimestre e dá direito a 180 minutos de gravação e você pode comprar mais pacotes de 180 minutos se quiser. Mais informações aqui.

[5] Comentários 

Meditação é algo que eu “descobri” há pouco tempo. Lógico, a vida toda ouvi falar em meditação, mas antes do ano passado nunca tinha ido atrás de inforação ou procurado entender a finalidade da prática. Quando no ano passado eu resolvi ir atrás desta informação, eu vi que poderia ser algo muito interessante, mas ainda assim fiquei um pouco confusa sobre como fazer, porque achei informações diferentes, práticas diferentes, etc. Então, por um bom tempo simplesmente retive a informação, mas prática mesmo que é bom, passou longe.

Aí, através de um curso que comecei a fazer, recebi como parte do material alguns áudios de meditação. Não eram aqueles áudios de relaxamento típicos de programas de auto-ajuda não, nada nesta linha. Estes eram áudios de sincronização de ondas cerebrais utilizando a tecnologia Flightwaves, algo completamente desconhecido pra mim até então. Mas, como os áudios vieram junto com o restante do material do curso e eu já tinha me interessado pelo assunto, resolvi experimentar. No site, esta tecnologia Flightwaves é descrita da seguinte forma:

Flightwaves works by producing something called “Binaural Beats”. These are produced when two tones of slightly different frequencies are played in each ear. The brain, while working to “decode” what it is hearing, produces a sort of “wah wah” sound that pulses at different rates depending on the frequencies being played. This process actually “forces” the brain of the listener into synchronization.

By creating tones that generate specific wavelengths, we can generate certain somewhat predictable responses in the consciousness of the listener. (e a explicação segue mostrando o que cada comprimento de onda produz, mas não vou colocar tudo aqui porque o texto é longo).

Depois de ouvir o áudio de 30 minutos, composto basicamente do que soa como ruídos, ondas e um pouco de música, finalmente eu entendi o que é atingir um estado meditativo pela primeira vez. Como esta foi praticamente minha primeira experiência com meditação, e foi simplesmente fascinante, eu por uma semana passei a ouvir o áudio diariamente. São dois, na verdade, um é um mix de alpha/tetha e o outro de delta/tetha, cada um com uma finalidade diferente. Eu achei o resultado impressionante e fui atrás de mais informações sobre sincronização de ondas cerebrais.

Acabei descobrindo o Centerpointe Institute que vende um produto chamado Holosync, que por sua vez utiliza a mesma lógica do Flightwaves. O site envia gratuitamente pra qualquer lugar do mundo um CD de demontração, então no início deste ano eu pedi um destes CDs que chegou juntamente com um extenso material explicativo. Se a minha experiência com o Flightwaves foi sensacional, com a demonstração do Holosync foi de arrepiar os cabelos. Comparativamente falando, achei que os sons do Holosync são muito mais agradáveis, induz ao estado meditativo mais rapidamente e as sensações físicas são mais perceptíveis e mais intensas. E isso só com o CD de demonstração, que obviamente tenta vender o primeiro pacote completo – chamado de Awakening Prologue (pois depois do primeiro se não me engano tem mais uns 11 níveis). Então, neste CD de demonstração, além de ouvir os sons que produzem alterações nas ondas cerebrais, você ouve também a voz de um locutor (Bill Harris, dono do Centerpointe) explicando o que está acontecendo no seu cérebro conforme você vai ouvindo o áudio. E é impressionante, você realmente sente o que está sendo descrito. Evidentemente, o ideal mesmo seria que aquela voz não estivesse ali, mas você sabe que ela está com o propósito de mostrar os benefícios da tecnologia e, conseqüentemente, despertar seu interesse em adquirir o pacote inicial completo, que custa US$ 159,00 – mas se você esperar uma semana recebe um email com um desconto. ;-) O marketing é muito bem feitinho, tão bem feitinho que eu ficaria desconfiada se não fosse por todos os reviews e discussões sobre o Holosync que li em fórums e blogs internet à fora, 98% deles muito positivos.

Esta tecnologia não é nova, o Holosync não é o único produto que utiliza este método e de acordo com o que andei lendo, estas alterações de ondas cerebrais, que por sua vez produzem uma alteração de estado mental, são mensuráveis por aparelhos (e, portanto, comprovadas) e esta tecnologia já foi bastante estudada (em 1973 a Scientific American já havia publicado um artigo sobre o assunto). O próprio Holosync já é comercializado desde 1989.

Apesar disso tudo, eu não comprei o pacote. Resolvi esperar e pensar melhor no assunto. Aparentemente, utilizar consistentemente o sistema Holosync traz uma série de benefícios muito positivos – e isso é o que praticamente todo mundo que usa relata, mudanças positivas drásticas em uma série de áreas, benefícios reais e notáveis em um curto espaço de tempo. No site, entre os vários benefícios eles listam:

  • Indução de estados meditativos profundos.
  • Estimulação da criação de novos caminos neurais entre os hemisférios cerebrais, equilibrando o cérebro e levando a um estado de alta-performance chamado por cientistas de “funcionamento total do cérebro”.
  • Melhora dramática na habilidade de aprendizado, memória, intuição, criatividade, concentração e clareza.
  • Verdadeiros saltos em auto-consciência.
  • Baixa significativa de níveis de stress e de dos componentes químicos relacionados ao stress.
  • Melhora impressionante de saúde física e mental, mesmo em áreas resistentes a outras abordagens.
  • Aumento dramático na produção da química cerebral vital relacionada a longevidade, bem-estar e qualidade de vida.

De fato, saber se isso tudo é mesmo verdade, só é possível mesmo experimentando. Com base no efeito que o CD de demonstração teve comigo, na quantidade de relatos que eu já li (não no site deles, o que seria altamente suspeito, mas em blogs pessoais e fórums) e na quantidade de pessoas que endossam o produto, eu tendo a acreditar que estes benefícios sejam reais. Mas, desconfiada e cética como costumo ser, tem um lado meu que não está muito a fim de gastar US$ 159,00 no PRIMEIRO pacote (de 12) sem ter um pouco mais de certeza sobre o que estou comprando.

Então, queria perguntar aos leitores deste blog se alguém conhece o Holosync, se já utilizou e quais foram os resultados. Eu estou disposta a gastar este dinheiro se os benefícios realmente forem estes. Como eu disse, minha (curta) experiência com o CD de demonstração foi realmente impressionante. Saí desta meditação de aproximadamente meia hora me sentindo completamente renovada, energizada, equilibrada, tranqüila, como se meu cérebro estivesse em profundo relaxamento, mas ao mesmo tempo produtivo e focado. Como se o “ruído” mental não estivesse mais lá e o espaço deixado no lugar do “ruído” estivesse sendo preenchido por uma série de outras coisas positivas, criando uma sensação de bem-estar inexplicável.

Então, se você já usou o Holosync, deixe por favor um comentário. Acho que poucas pessoas aqui no Brasil conhecem este produto, é um tiro no escuro, mas vale a tentativa. Agradeço por antecipação. :-)

[33] Comentários 

Eu adoro cosméticos e perfumes. Acho que esta é a única categoria em que eu me considero verdadeiramente consumista. É meu ponto fraco. Gasto muito mais do que a média das pessoas nestes tipos de produtos. Produtos para cabelo, rosto, corpo e perfumes. Por que isso? Porque estas coisas fazem com que eu me sinta bem, fazem com que eu sinta que estou cuidando de mim mesma, me lembram que eu gosto de mim mesma. Não é meramente uma questão de aparência para os outros, mas um cuidado que tenho comigo mesma.

Depois do banho, mesmo que eu vá ficar em casa ou dormir e não vá nem encontrar ninguém, eu passo pelo menos uma colônia, às vezes um pouquinho de perfume. Pra mim mesma. Preciso estar cheirosa, sempre. Gosto que meu cabelo esteja bem cuidado, que a pele esteja macia e hidratada. Não vou dizer que eu consiga manter estas coisas 100% do tempo, mas eu me esforço para chegar perto. E a sensação de estar cuidando de mim mesma é tão boa, dá uma levantada no astral e na auto-estima tão grande, que quando compro cosméticos e perfumes considero um verdadeiro investimento.

No entanto, eu sou uma consumidora de cosméticos realmente exigente. Não é qualquer produto que me satisfaz. Eu preciso de bons produtos. Dificilmente compro um hidratante num supermercado, por exemplo, embora haja exceções, pois alguns supermercados vendem marcas boas. Hidratante precisa ter a textura e a densidade certas, não pode ser gorduroso, tem que ser absorvido rapidamente e deixar um cheirinho gostoso que dure na pele. Maquiagem se não for de boa qualidade detona a pele com o tempo. Batom tem que ser hidratante, batons mais baratos também detonam os lábios. Demaquilantes, sabonetes de limpeza facial, esfoliantes, não ponho nada no rosto que não seja de primeira qualidade. Sabonete para o corpo tem que ser no mínimo hidratante. Isso tudo falando da qualidade de matérias-primas base, mas aí tem também a questão dos cheiros (no caso de perfumes, hidratantes, óleos corporais, sabonetes, etc). Sou muito seletiva com relação a isso também. Então a qualidade da matéria prima que resulta em um determinado aroma (definindo por exemplo nível de fixação) e o aroma em si também são fundamentais e acabam sendo decisivos, pois mesmo que o produto seja de qualidade, se o cheiro não for muito, muito bom, eu não compro.

E para deixar a coisa ainda mais complicada, eu gosto de ter variedade. De cabeça eu não sei, mas estou certa que se for olhar, seguramente vou achar pelo menos 4 hidratantes diferentes no meu armário. Produtos para cabelo a rodo: 2-3 tipos de shampoo, mais uns 2 tipos de condicionadores, mais um creme de tratamento e ampola de queratina – todos no box do banheiro e em uso (já foi pior, isso sou eu sendo “contida”), modeladores de diversos tipos, anti-frizz, reparador de pontas, pomadas, gloss pós-escova, e por aí vai. Minha caixa de maquiagem está precisando de um refil, mas uma mulher “normal” (rs) estaria bem servida com o que tem por lá. Aí tem também aqueles produtos “novos”, que acabaram de ser lançados, com tecnologia nova. Que se passarem no meu teste de qualidade, eu vou “precisar” experimentar. ;-)

Então, em resumo, como os tipos de produtos com a qualidade que eu gosto e procuro costumam ter preço mais elevado (obviamente, qualidade tem seu preço) e como eu gosto de ter bastante variedade, não é de se espantar que eu gaste um bocado com cosméticos – e perfumes! E, como eu disse no início, é uma das poucas coisas com as quais eu posso dizer que seja consumista, não pelo consumismo em si, mas porque eu realmente curto me cuidar. Pra mim não é um gasto, é um investimento em mim mesma. E eu sempre fui assim, desde os 13 anos de idade tenho hábitos de cuidados diários que me acompanharam a vida toda. Lavar o rosto com sabonete específico de 2 a 3 vezes por dia seguido de algum hidrtante é algo, por exemplo, que faço desde os 13 anos.

Anteontem a Paula me ligou falando sobre uma coleção que o Boticário criou para o Dia dos Namorados, a linha Dolce, com produtos de edição limitada. Surpreendentemente, eu ainda não tinha visto. Entrei no site para dar uma olhada e, como isso foi por volta das 10 horas da noite, lendo as descrições dos produtos, eu já sabia que no dia seguinte estaria numa loja do Boticário enlouquecida sem conseguir escolher o que comprar.

Dito e feito. Cheguei na loja à tarde e fiquei maluca querendo comprar um de cada. Os produtos são divididos em “Mundo Fun” e “Mundo Sensual”. Depois de muita tortura, acabei comprando apenas 3 deles (por enquanto!):

Coleção Dolce - BoticárioO perfume Egeo feminino, o Merengue Mousse e o Creme Choco-Vanilla (ambos hidratantes desodorantes corporais). Além deles, trouxe pra casa também um batom e um blush, pra dar aquela “reforçada” na caixa de maquiagem. Estou usando os produtos que comprei da linha Dolce desde ontem e muito embora compre no Boticário há muitos anos posso dizer que de tudo o que já comprei por lá esta linha se tornou minha preferida. O cheiro destes produtos é algo indescritível, tem que ir na loja e sentir porque nada que eu possa escrever aqui fará juz à experiência. A textura e o toque dos hidratantes ídem. A fixação do perfume, para minha surpresa, na minha pele foi excelente (me surpreendeu pois muitos perfumes do Boticário têm baixa fixação, salvas poucas exceções – pelo menos na minha pele).

Minha vontade é voltar na loja, comprar dois de cada produto e estocar, porque se de fato eles forem ficar na edição limitada eu vou sentir falta destes produtos. Pra ajudar, pelo que li nos comentários do hotsite, parece que alguns produtos já estão esgotando nas lojas, tamanho o sucesso. Bem, quanto mais sucesso fizer, melhor. Quem sabe eles consideram manter a linha por mais tempo.

Quem, como eu, é apaixonada por cosméticos e quem quiser comprar umas coisinhas difrentes para o Dia dos Namorados não pode perder a chance de passar o quanto antes numa loja do Boticário e se garantir. E, não, este post não foi “comprado” pelo Boticário, “juro pelos meus cosméticos”. ;-) É só a opinião de uma consumidora ALTAMENTE exigente que acha que vale a pena divulgar quando uma empresa preza pela qualidade de seus produtos e valoriza o nível de exigência dos clientes.

[14] Comentários 

Houve uma época da minha vida em que eu só usava o email do Yahoo. Na época, era o melhor na minha opinião. Aí veio o GMail e tudo mudou. Eu mantenho minha conta no Yahoo para usar outros serviços e continuo gostando muito do Yahoo, mas o email mesmo não uso mais há muito tempo. Quando foi hoje resolvi entrar lá pra dar uma olhada. Apaguei os spams básicos de sempre e fui dar uma olhadinha numas mensagens antigas. E achei esta pérola que divido agora com vocês – só pra descontrair ;-) :

(publicitários e marketeiros, peguem leve, sei que dá pra melhorar os exemplos, mas é engraçado!)

Você vai a uma festa e vê uma garota atraente do outro lado da sala.
Você chega pra ela e diz:
“Oi, sou muito bom de cama. Está interessada?”
Isso é Marketing Direto.

Você vai a uma festa e vê uma garota atraente do outro lado da sala.
Você dá um toque em seu amigo. Ele chega pra ela e diz:
“Oi, meu amigo ali é muito bom de cama. Está interessada?”
Isso é Propaganda.

Você vai a uma festa e vê uma garota atraente do outro lado da sala.
De alguma maneira você descobre o telefone dela.
Você telefona, bate um papinho e diz:
“Oi, sou muito bom de cama. Está interessada?”
Isso é Telemarketing

Você vai a uma festa e vê uma garota atraente do outro lado da sala.
Você chega perto dela com a melhor roupa, usa o melhor perfume,
dá o melhor sorriso e começa a conversar.
É super educado, anda com charme, abre a porta para ela.
Depois olha para ela e diz:
“Sou muito bom de cama também. Está interessada?”
Isso é Campanha de Marketing

Você vai a uma festa e vê uma garota atraente do outro lado da sala.
Você a reconhece, vai até ela, refresca a memória e a faz rir.
Então diz: “Continuo bom de cama. Está interessada?”
Isso é Manutenção de Clientes

Você vai a uma festa e vê uma garota atraente do outro lado da
sala.
ELA VEM ATÉ VOCÊ e diz:
“Oi, ouvi dizer que você é muito bom de cama. Está interessado?”
Isso é o poder da MARCA!

Se eu achar alguma outra pérola posto depois. :-)

[8] Comentários